Publicidade

Consultas SCPC Online: (Acesso restrito)
Código:   Senha:   


Notícias

<< Voltar

Texto prevê ampliar limites de faturamento das empresas em todas as alíquotas

O governo enviará ao Congresso um projeto que visa a correção das tabelas do Simples em 50%. Segundo o anúncio feito nesta terça-feira pelo ministro Guido Mantega e pela presidente Dilma Rousseff, o limite de faturamento bruto anual das microempresas tributadas pelo Simples passará de 240.000 reais para 360.000 reais. O texto também propõe o parcelamento automático de débitos do Simples. Para chegar a essa redução, o Ministério da Fazenda contou com a ajuda da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas.

O projeto também ajusta de 36 mil reais para 60 mil reais o teto da receita bruta anual do empreendedor individual. Para a pequena empresa, o novo teto é de 3,6 milhões de reais - até então, o limite era de 2,4 milhões de reais. O ajuste total na tabela deverá beneficiar cerca de 5,2 milhões de empresas que já fazem parte do Simples Nacional.

Antes da cerimônia de anúncio do projeto, a presidente se reuniu com a Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, acompanhada do ministro Mantega. “A ampliação do Simples é importante para o pais por vários motivos. E a ação do governo nessa direção pode ser muito mais efetiva do que é, porque se trata de pensar junto aos bancos públicos como será o financiamento para esses segmentos”, afirmou a presidente.

Fonte: http://veja.abril.com.br


<< Voltar
Sophus Tecnologia